LEIA MAIS@ 24/06/2021 - 13h20 | A Tutela da urgência no processo desportivo
LEIA MAIS@ 23/06/2021 - 11h44 | Operário x Guarani: Atletas advertidos
LEIA MAIS@ 22/06/2021 - 09h30 | Transações geram mais de R$ 1 milhão em doações
LEIA MAIS@ 21/06/2021 - 15h29 | Fla pede ao STJD liberação de Pedro
LEIA MAIS@ 21/06/2021 - 12h30 | STJD implementa Processo Eletrônico

Ferroviário pede impugnação de partida
17/04/2021 10h26 | STJD

Divulgação / STJD
a A

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol recebeu na noite desta sexta, dia 16 de abril, o pedido do Ferroviário para impugnação da partida contra o América/MG, pela Copa do Brasil. O pedido foi feito após o árbitro da partida não validar a primeira cobrança de pênalti da equipe do Ferroviário. Além de pedir o recebimento da impugnação o Ferroviário pede que não seja homologado o resultado da partida e que não seja realizado o sorteio para a terceira fase da competição. O documento foi encaminhado para análise do presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha.

América/MG e Ferroviário se enfrentaram na segunda fase da Copa do Brasil 2021. As equipes empataram em 1 a 1 e a decisão da classificação foi para os pênaltis. A arbitragem entendeu que a primeira cobrança do Ferroviário não passou na linha do gol e não validou o gol.

Imagens divulgadas após a partida mostram que a bola entrou por completo. Para o Ferroviário o erro da arbitragem resultou num prejuízo desportivo para a equipe, além de ferir a isonomia da disputa e recaindo sobre os atletas uma enorme pressão psicológica para reverter a injusta vantagem do América/MG. Ainda segundo o Ferroviário, restou evidente o descumprimento da regra 10 da modalidade futebol pelo árbitro da partida, que determina que quando a bola transpassar por completo a linha de meta, entre os postes e por baixo do travessão, deverá ser convertido um gol.

No entendimento do Ferroviário o erro de direito, “pois, estando a equipe de arbitragem DE FRENTE para o lance, há que se questionar se é razoável que os mesmos não tenham visto a bola ultrapassar por completo a linha do gol”.

O erro de direito é a violação necessária para que seja recebido o pedido de impugnação de partida, conforme previsão no artigo 84 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O pedido de impugnação foi encaminhado ao presidente do STJD, Otávio Noronha.

Confira abaixo os pedidos do Ferroviário:

  1. 1 Seja a presente Impugnação recebida, pelas razões acima consignadas, por própria, tempestiva e preparada;

    2 Que não seja homologado o resultado da partida entre Atlético-MG e Ferroviário AC, na forma da obrigação legal imposta pelo artigo 84 §3º do CBJD, com a consequente suspensão do sorteio relativo a próxima fase da copa do Brasil;

    3 Seja dado provimento ao presente procedimento especial de impugnação de partida, no sentido de que seja anulada a partida entre Atlético-MG e Ferroviário AC ocorrida no dia 14 de abril de 2021;

    4 Na hipótese destes autos serem analisados somente em grau de Recurso Voluntário, que as partidas subsequentes possivelmente realizadas em face do indeferimento da medida liminar sejam também anuladas e remarcadas.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.