LEIA MAIS@ 18/05/2022 - 17h36 | Atletiba: Pleno mantém pena aos clubes
LEIA MAIS@ 18/05/2022 - 15h25 | Inquérito: Auditor ouve Fellipe Bastos e supervisor do Goiás
LEIA MAIS@ 18/05/2022 - 14h00 | Hulk absolvido e clubes multados
LEIA MAIS@ 18/05/2022 - 11h19 | Comissão absolve lateral do Londrina
LEIA MAIS@ 17/05/2022 - 07h46 | INT x COR: Procuradoria solicita abertura de inquérito

América/MG em pauta
21/01/2022 17h08 | STJD

Divulgação / Site STJD
a A

O América-MG será julgado na próxima terça, 25 de janeiro, pela Segunda Comissão Disciplinar do STJD do Futebol. O Coelho foi denunciado por, em dois momentos da partida com o São Paulo, torcedores terem acendido sinalizadores, e por atraso no início e reinício do jogo. A sessão está marcada para às 10h. e terá transmissão ao vivo no site do STJD.

América-MG e São Paulo se enfrentaram no dia 9 de dezembro, pela última rodada do Brasileirão de 2021. Na súmula consta que a equipe mandante atrasou a entrada em campo em três minutos e a demora no reinício do jogo se deu em virtude do horário de reinício da partida entre Red Bull Bragantino x Internacional.

A Procuradoria enquadrou o América duas vezes no artigo 191, I e III do CBJD, “deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de obrigação legal, de regulamento, geral ou especial, de competição”, por entender que o clube desrespeitou o regulamento. 

Entre os minutos 18-21 e 43-44, todos da etapa final, a partida ficou paralisada por torcedores do América, localizados na arquibancada atrás do gol, terem acendido sinalizadores. O jogo só foi retomado após a regularização da situação.

Assim, o América ainda responderá por “desordens em sua praça de desporto”, de acordo com o artigo 213, I , § 1º do CBJD.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.