LEIA MAIS@ 07/12/2018 - 12h56 | Vasco, presidente e técnico punidos
LEIA MAIS@ 07/12/2018 - 10h06 | Pleno multa e bane Amadeu Rodrigues
LEIA MAIS@ 06/12/2018 - 12h37 | Palmeiras x Ceará: penas de Mattos e Lisca majoradas
LEIA MAIS@ 04/12/2018 - 21h18 | Pleno do STJD debate em Workshop do novo CBJD
LEIA MAIS@ 04/12/2018 - 14h05 | Processo de Amadeu Rodrigues é reagendado

STJD abre Campanha Outubro Rosa
05/10/2018 18h25 | STJD

Daniela Lameira / Site STJD
a A

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol iniciou nesta sexta, dia 5 de outubro, a Campanha Outubro Rosa que visa auxiliar mulheres de todo o Brasil na prevenção e tratamento do câncer de mama. Pelo terceiro ano consecutivo, parte das multas aplicadas pelo Pleno do STJD serão revertidas para instituições apoiam a causa.

A iniciativa foi sugerida pela Auditora Arlete Mesquita, primeira mulher a integrar a corte máxima do tribunal do futebol. Contente com a continuação do projeto, Arlete abriu a campanha de 2018 e lembrou a importância de apoiar a causa.

“Pelo terceiro ano nos associamos as demais entidades e instituições no sentido de levar conscientização a todas as mulheres a cerca desse mal que infelizmente e que estatisticamente é um dos mais elevados no nosso país. É importante frisar que o Tribunal e meu pares assimilaram bem a ideia e todos os que integram conosco s Justiça Desportiva levando as mulheres que estão na companhia , sejam mães, esposas, filhas, colaboradoras para alertar a importância do autoexame para que a gente tenha menos problemas com câncer de mama e consiga a identificação precoce da doença. De olho na prevenção, parte das multas aplicadas nesse mês de outubro pelo Pleno serão destinadas para a Campanha Outubro Rosa e destinadas a instituições no sentido de contribuir com ações voltadas para o câncer de mama”, disse a Auditora.

Depoimento de uma mulher que teve câncer de mama:

“Em 2012, aos 46 anos, fui diagnosticada com Câncer de Mama. Incluindo a biópsia, fiz 3 cirurgias, sendo a terceira antes mesmo de retirar os pontos da segunda. Fiz 35 sessões de radioterapia e 5 anos de hormonioterapia. Fiz quadrantectomia e retirada de linfonodo sentinela axilar, ainda sem reconstrução (e sem coragem, pois para a assimetria seriam necessários pelo menos mais 2 procedimentos cirúrgicos). Hoje carrego algumas cicatrizes, uma vontade imensa de viver e muita gratidão a Deus, por tudo! O caminho não foi fácil... lutei com garra, deixei o medo de lado, me abasteci de fé, esperança e coragem... e venci. E hoje, no mundo inteiro começa a campanha do OUTUBRO ROSA. Campanha de conscientização sobre o câncer de mama, que é o que mais atinge as mulheres do nosso país. E ter um diagnóstico precoce é um passo muito importante para a cura. A luta não tem tamanho. Mesmo as menores batalhas exigem coragem. Mulheres lutam bravamente para vida! Encarar uma mamografia anual,. a partir da idade indicada pelo médico, não é nada, perto de tantos desafios de um tratamento. Lute por você mesma! Se ame. Se toque. Faça sua mamografia, faça seus exames. Lute pela sua saúde, pois sem ela as pequenas lutas do dia a dia perdem o sentido. Juntas pela vida! Juntas somos mais fortes! Viva a vida!” #outubrorosa #mamografia #diagnosticoprecoce #cancerdemama #lutapelavida #seame #setoque @ Goiânia, Brazil

Outubro Rosa:

O movimento Outubro Rosa surgiu em 1990, em Nova Iorque com o objetivo promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da do câncer de mama. Desde então o mês de outubro foi adotado como epicentro das ações e é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. Atualmente o Outubro Rosa é realizado em vários lugares do mundo.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.