LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 18h47 | Atletas do Sport suspensos
LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 16h01 | Cruzeiro multado por arremesso de objetos
LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 10h34 | STJD realiza seminário contra a violência
LEIA MAIS@ 11/10/2017 - 11h52 | Sport x Vasco em pauta
LEIA MAIS@ 11/10/2017 - 10h08 | Cruzeiro: Infração na final da Copa BR

Sport x Vasco em pauta
11/10/2017 11h52 | STJD

CBF
a A

As ocorrências na partida entre Sport e Vasco, pela Série A do Campeonato Brasileiro, serão julgadas na próxima semana no STJD do Futebol. Clubes, atletas e árbitro correm risco de punição em sessão da Terceira Comissão Disciplinar. O processo será julgado na próxima quarta, dia 18 de outubro, a partir das 14h30.

Na súmula da partida Sandro Meira Ricci informou que ambas as equipes entraram no campo de jogo às 19h52 e desrespeitaram o countdown padrão de nove minutos previsto no artigo 7 do RGC. Sport e Vasco foram denunciados no artigo 191, inciso III do CBJD e podem ser punidos com multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.

Aos 19 minutos do 2º tempo, Diego Souza foi expulso por reclamação. Na súmula foi narrado o fato. “Expulso por, após advertido com cartão amarelo, continuar protestando contra a arbitragem de forma veemente com gestos e proferindo as seguintes palavras: Vai tomar no **! Ato contínuo, chutou a bola para a arquibancada”, escreveu o árbitro. O meia foi denunciado por desrespeitar a arbitragem (artigo 258, inciso II do CBJD) e por conduta antidesportiva (artigo 258 do CBJD). Cada infração prevê até seis jogos de suspensão.

Após o fim da partida, Ronaldo Alves concedeu entrevista e disparou contra a arbitragem: “Só que hoje eles vieram para atrapalhar o nosso trabalho. A gente sabe como funciona. É como o pessoal governa o país. É uma máfia, varrem tudo para debaixo do tapete”. Ronaldo também responderá por desrespeitar a arbitragem no artigo 258, inciso II do CBJD e corre risco de suspensão por um a seis jogos.

Árbitro também denunciado:

A Procuradoria enquadrou também o árbitro Sandro Meira Ricci. De acordo com a denúncia, Sandro deixou de relatar o atraso na entrada das equipes. Além disso, no campo de expulsões o árbitro narrou cartão vermelho direto a Diego Souza, porém na explicação informou que o atleta do Sport foi expulso pelo segundo amarelo. Sandro deixou ainda de narrar pênalti marcado aos 24 minutos do segundo tempo em favor do Sport e que, dois minutos depois, anulou a marcação.

No entendimento da Procuradoria o árbitro deixou de relatar as ocorrências disciplinares da partida e deve responder ao artigo 266 do CBJD. A pena prevista é de suspensão de 30 a 360 dias, cumulado ou não com multa de R$ 100 a R$ 1 mil.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.