LEIA MAIS@ 16/07/2019 - 19h01 | Procuradoria intima Figueirense por atrasos salariais
LEIA MAIS@ 15/07/2019 - 18h20 | Vasco ingressa com pedido de impugnação
LEIA MAIS@ 15/07/2019 - 14h21 | Aparecidense punida por arremesso e injúria
LEIA MAIS@ 12/07/2019 - 17h42 | Atlético/GO x Vila: Presidente defere torcida única
LEIA MAIS@ 12/07/2019 - 17h19 | Pleno: Sessão confirmada

Relatora concede efeito suspensivo a Bruno Silva
22/03/2019 18h59 | STJD

FERJ - Divulgação
a A

A Auditora Arlete Mesquita, sorteada para relatar o processo no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, deferiu na noite desta sexta, dia 22 de março, o pedido de efeito suspensivo ao Fluminense para o atleta Bruno Silva. O recurso ainda não tem data para julgamento no Pleno.

No Campeonato Carioca 2019, em clássico contra o Vasco, o atleta do Fluminense cuspiu na direção da torcida adversária ao ser substituído na partida e acabou punido com seis jogos de suspensão no TJD/RJ. A decisão foi mantida pelo Pleno do Tribunal do Rio de Janeiro.

Com dois jogos cumpridos o jurídico do Fluminense recorreu e ingressou com pedido de efeito suspensivo no STJD do Futebol. O pedido foi deferido pela Auditora Arlete Mesquita com base no artigo 147-B do CBJD.

Confira abaixo a comunicação enviada ao clube:

"De ordem da Auditora Relatora, Drª Arlete Mesquita, deste Superior Tribunal de Justiça, referente ao Recurso Voluntário nº 046/2019- STJD – Procedência: TJD/RJ - tendo como Recorrente: Fluminense Foot Ball Club -  Recorrido: TJD/RJ , informo que foi  deferido o pedido de efeito suspensivo pleiteado pelo Recorrente".


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.