LEIA MAIS@ 27/06/2017 - 19h25 | São Raimundo é denunciado por escalação irregular
LEIA MAIS@ 23/06/2017 - 18h05 | Julgamento do atacante Kleber é agendado
LEIA MAIS@ 23/06/2017 - 15h57 | Pleno no I Seminário do TJD/GO
LEIA MAIS@ 23/06/2017 - 14h19 | Milton Mendes e Vasco absolvidos
LEIA MAIS@ 23/06/2017 - 10h01 | Pleno visita Centro de Reabilitação em Goiânia

Ponte Preta x Cuiabá: atletas em pauta

13/03/2017 13h07

Douglas, do Cuiabá, e William Pottker, da Ponte, serão julgados por infrações na Copa BR.


a A

As ocorrências na partida entre Ponte Preta e Cuiabá, pela Copa do Brasil, estão na pauta da Terceira Comissão Disciplinar do STJD do Futebol. Na próxima quarta, dia 15 de março, Douglas, do Cuiabá, e William Pottker, da Ponte Preta, serão julgados com risco de suspensão. A sessão está prevista para iniciar às 14h.

As equipes se enfrentaram pela Segunda Fase da Copa BR. Na súmula o árbitro explicou o motivo das expulsões. Douglas foi “expulso diretamente ao final das cobranças de penalidades, por ir na direção da torcida adversária comemorando a classificação, de forma provocativa, imitando um macaco, fazendo alusão a torcida da A.A.Ponte Preta, causando um pequeno tumulto sendo contido rapidamente por policiais e membros das duas equipes”.

Pottker, atleta da Ponte Preta também recebeu o vermelho direto por, segundo consta na súmula, ao final das cobranças de penalidades o atleta tentou agredir o adversário desferindo uma voadora no peito, mas não chegou a atingir.  

Com base nas informações a Procuradoria denunciou os atletas por infração ao Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Douglas foi enquadrado no artigo 258-A por provocar a torcida. A pena prevista é de suspensão de duas a seis partidas. Já o atleta da Ponte Preta responderá pela tentativa de agressão ao adversário descrita no artigo 254-A, § 1º, inciso II e corre risco de ser suspenso por quatro a 12 jogos.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.