LEIA MAIS@ 17/11/2017 - 20h06 | Palmeiras: proibidas organizadas caracterizadas
LEIA MAIS@ 17/11/2017 - 14h20 | Santa Cruz: clube multado e integrantes suspensos
LEIA MAIS@ 16/11/2017 - 13h01 | Corinthians x Palmeiras: clubes e atletas punidos
LEIA MAIS@ 14/11/2017 - 13h02 | Jair Ventura advertido por invasão
LEIA MAIS@ 14/11/2017 - 12h43 | Goleiro do Oeste punido por injúria racial

Kleber é denunciado por declarações em coletiva
12/09/2017 18h00 | STJD

Daniela Lameira
a A

A Procuradoria da Justiça Desportiva denunciou Kleber Gladiador, do Coritiba, por declarações desrespeitosas contra o STJD do Futebol em coletiva antes do Atletiba. Para a Procuradoria, o atacante descumpriu o regulamento da competição que veda o uso de declarações antidesportivas tendentes a denegrir competições ou a própria imagem da Confederação Brasileira de Futebol e aos órgãos a ela vinculados e assumiu conduta contrária à ética e disciplina desportiva. O processo está na pauta da Quinta Comissão Disciplinar agendada para a próxima sexta, dia 15 de setembro, a partir das 14h.

De volta ao Coritiba após cumprir 11 jogos de suspensão imposta pelo STJD do Futebol por agressão e cusparada na 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, Kléber concedeu sua primeira entrevista coletiva e disparou contra o Tribunal e os Auditores que o puniram.

“Eu me senti injustiçado, me pegaram para exemplo. Foi ridículo o que o STJD fez. Eu estive lá e o que vi e ouvi foi vergonhoso. Para mim é bem cara de Brasil mesmo. Ouvi um cara [auditor] dizer que para um time – não vou citar o time – dizer que ele não iria punir porque o clube estava brigando pelo título.

Quem tiver a oportunidade de ir lá e ver uma audiência dá até vergonha. O seu advogado fala o tempo todo e os caras ficam no celular sem nem prestar atenção. Não tem nem necessidade de levar um advogado então. Eu já tinha ido outras vezes e sempre foi igual. Dependendo do clube que você está a punição é uma. Você vê torcedor morrer, crianças no colo do pai correndo dentro do estádio. Nada contra o clube até porque eu joguei lá [Vasco]. Mas o clube pegar seis jogos e eu tomar 11 partidas é uma vergonha”, disparou Kléber.

Para a Procuradoria, a declaração de Kléber extrapolou o razoável e aceitável, na medida em que, flagrantemente, se excedeu ao desrespeitar os membros da Justiça Desportiva e tendeu a denegrir a imagem do órgão.

Com isso, o Gladiador foi enquadrado por infração a dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva:

Artigo 258 – Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código.

PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica.

Artigo 191 por descumprir o §2º do art. 1º do Regulamento Geral de Competições (RGC) da CBF.

§ 2º - Declarações antidesportivas e as que venham a macular a imagem da competição ou da CBF serão passíveis das punições previstas no art. 53 deste RGC, independentemente das sanções que forem impostas pelo STJD.

PENA: multa, de R$ 100 a 100 mil, com fixação de prazo para cumprimento da obrigação.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.