LEIA MAIS@ 17/11/2017 - 20h06 | Palmeiras: proibidas organizadas caracterizadas
LEIA MAIS@ 17/11/2017 - 14h20 | Santa Cruz: clube multado e integrantes suspensos
LEIA MAIS@ 16/11/2017 - 13h01 | Corinthians x Palmeiras: clubes e atletas punidos
LEIA MAIS@ 14/11/2017 - 13h02 | Jair Ventura advertido por invasão
LEIA MAIS@ 14/11/2017 - 12h43 | Goleiro do Oeste punido por injúria racial

Gilson Kleina em pauta no STJD
06/09/2017 11h25 | STJD

CBF
a A

O técnico Gilson Kleina, da Ponte Preta, será julgado no STJD do Futebol por conduta contrária à disciplina e desrespeitar a arbitragem na partida contra o Atlético/MG. Com risco de suspensão no Campeonato Brasileiro, Kleina está na pauta da Segunda Comissão Disciplinar. A sessão está agendada para a próxima terça, dia 12 de setembro, a partir das 14h30.

Conforme consta a súmula da partida, o árbitro narrou que “aos 45 minutos do segundo tempo o Sr Gilson Kleina, técnico da equipe da Ponte Preta, por invadir o campo de jogo e protestar contra a arbitragem dizendo: ‘foi pênalti c*’. Após ser expulso ainda direcionou ao quarto árbitro as seguintes palavras: ‘vai tomar no c*, você é cagão, foi pênalti claro, vai se f*”. Antes de sair do gramado, o treinador ainda chutou um microfone que estava no chão.

No entendimento da Procuradoria, Kleina cometeu duas infrações distintas: uma ao desrespeitar a arbitragem e outra ao chutar o microfone, conduta contrária à ética e disciplina. Pelos fatos, a Procuradoria enquadrou o treinador da Ponte Preta por infração ao artigo 258 e ao inciso II do mesmo artigo, do CBJD.

Art. 258. Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código.

II - desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões

PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.