LEIA MAIS@ 24/06/2021 - 13h20 | A Tutela da urgência no processo desportivo
LEIA MAIS@ 23/06/2021 - 11h44 | Operário x Guarani: Atletas advertidos
LEIA MAIS@ 22/06/2021 - 09h30 | Transações geram mais de R$ 1 milhão em doações
LEIA MAIS@ 21/06/2021 - 15h29 | Fla pede ao STJD liberação de Pedro
LEIA MAIS@ 21/06/2021 - 12h30 | STJD implementa Processo Eletrônico

Flamengo ingressa com Medida Inominada
11/06/2021 10h04 | STJD

Divulgação / Site STJD
a A

O Flamengo ingressou no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol com Medida Inominada com liminar solicitando a suspensão do Campeonato Brasileiro durante a realização da Copa América. O clube deu entrada no STJD na noite desta quinta, dia 11 de junho, e o pedido foi encaminhado para o presidente Otávio Noronha.  

No documento o Flamengo inicia afirmando que teve oito atletas convocados para a seleção principal, olímpica e estrangeiras para as eliminatórias e que o fato levou o adiamento de duas rodadas da Série A do Brasileirão e das partidas da terceira rodada da Copa do Brasil.

Com a confirmação da Copa América no período de 11 de junho a 10 de julho, o clube ingressou na CBF com pedido de paralisação do Brasileirão. Sem o retorno da entidade, o Flamengo entrou com a Medida no STJD do Futebol destacando a proteção do futebol brasileiro, o equilíbrio das competições, dos clubes e dos campeonatos nacionais.

“A despeito do que acontece hoje no FLAMENGO, que está desfalcado por ter pelo menos 6(seis) atletas convocados, essa situação precisa ser conversada e apreciada, até mesmo para proteger os outros clubes no futuro. Ou seja, não é apenas uma questão envolvendo o FLAMENGO. A discussão suplanta a identificação de uma única agremiação desportiva. É preciso discutir o futebol brasileiro, e a função e a missão da Entidade Nacional de Administração. Esse é o momento oportuno para fazê-lo.

Além da questão das convocações, existe atualmente outro fator extremamente lesivo para o FLAMENGO e também para os clubes cariocas como um todo, isto é, coma  realização da Copa América no Brasil, o estádio do Maracanã foi requisitado para receber as partidas deste torneio, o que prejudica bastante os clubes que exercem o seu mando de campo no Estádio jornalista Mário Filho, uma vez que precisarão se deslocar para outras praças , gerando um maior desgaste de seus atletas e dos demais profissionais envolvidos, sem contar os custos com deslocamento, alimentação e estadia, em tempos tão difíceis para a realidade financeira dos times brasileiros”, disse o clube.

A Medida foi encaminhada para análise do presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha. Não há prazo para liberação da decisão.  


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.