LEIA MAIS@ 19/07/2018 - 11h49 | Presidente do Fla absolvido de denúncia por desrespeito
LEIA MAIS@ 18/07/2018 - 18h41 | Relator defere efeito suspensivo a Breno
LEIA MAIS@ 17/07/2018 - 13h24 | Segunda Comissão absolve atacante Aguirre
LEIA MAIS@ 12/07/2018 - 12h25 | Pal x Fla: expulsões julgadas e punidas
LEIA MAIS@ 09/07/2018 - 13h51 | Comissão absolve dirigente do Palmeiras

Cruzeiro, Cuca e Cuquinha julgados
11/08/2017 12h40 | STJD

Daniela Lameira / Site STJD
a A

Os Auditores da Quarta Comissão Disciplinar do STJD do Futebol puniram as ocorrências da partida entre Cruzeiro e Palmeiras, pela Copa do Brasil. Julgados nesta sexta, dia 11 de agosto, o Cruzeiro foi multado em R$ 1 mil por atraso, o técnico Cuca advertido por desrespeito contra a arbitragem e seu auxiliar Cuquinha suspenso por um jogo por conduta desleal ou hostil. A decisão foi proferida por maioria dos votos e cabe recurso.

Pelas oitavas de final da Copa BR, o Cruzeiro atrasou em um minuto o retorno para o jogo e a partida reiniciou dois minutos após o horário previsto. Expulsos de campo, o auxiliar técnico Cuquinha recebeu o vermelho por arremessar a bola contra o atleta Lucas Romero quando o jogo estava paralisado para um arremesso lateral e Cuca por após o fim do jogo se dirigir a arbitragem dizendo: “vocês são caseiros, mais tarde a consciência de vocês vai pesar”.

Denunciados, o Cruzeiro foi enquadrado no artigo 206 por atraso, Cuquinha denunciado por ato desleal previsto no artigo 250 e Cuca no artigo 258, inciso II por desrespeitar a arbitragem.

Diante da Comissão, Alexandre Miranda sustentou pelos integrantes da comissão técnica do Palmeiras e Teothônio Chermont defendeu o Cruzeiro.

Relator do processo, o Auditor Adilson Alexandre Simas votou para aplicar multa de R$ 1 mil ao Cruzeiro, advertir Cuquinha no artigo 250 e advertir Cuca no artigo 258, inciso II.

O Auditor Luis Felipe Procópio divergiu para aplicar uma partida a Cuquinha e absolver Cuca, acompanhando na multa de R$ 1 mil ao Cruzeiro.

Terceiro a votar, o Auditor José Maria Philomena votou para multa de R$ 1 mil ao Cruzeiro, uma partida de suspensão a Cuquinha e advertir Cuca.

Já a Auditora Olímpia Falcão acompanhou o relator na íntegra, enquanto o Presidente Luiz Felipe Bulus aplicou R$ 1 mil ao Cruzeiro, uma partida a Cuquinha e advertência a Cuca.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.