LEIA MAIS@ 14/10/2019 - 19h40 | Fla entra com liminar para liberação de Reinier
LEIA MAIS@ 14/10/2019 - 14h50 | Flu: Atletas, Oswaldo, gerente, gandula e clube punidos
LEIA MAIS@ 11/10/2019 - 15h17 | Náutico multado por arremesso e invasão de campo
LEIA MAIS@ 11/10/2019 - 12h02 | Inter: Comissão adverte Bruno e suspende Guerrero e Melo
LEIA MAIS@ 10/10/2019 - 15h57 | Pleno pune Decisão/PE por descumprir regulamento

Comissão pune atleta do Paysandu
28/06/2019 16h03 | STJD

Daniela Lameira / Site STJD
a A

A Quinta Comissão Disciplinar do STJD puniu na tarde desta sexta, dia 28 de junho, o atleta Marco Antônio, do Paysandu, por jogada violenta na Série C do Campeonato Brasileiro. Expulso diante do Atlético/AC, Marco Antônio recebeu três partidas de suspensão. A decisão, proferida por maioria dos votos, cabe recurso.

Pela rodada 7 da Série C, o Atlético/AC recebeu o Paysandu. Nos primeiros minutos da partida Marco Antônio cometeu duas faltas e acabou expulso por entrada dura em Weverton, que precisou ser substituído. Pelo episódio a Procuradoria denunciou o atleta do Paysandu por praticar jogada violenta.

Sem vídeo do lance, os Auditores acompanharam a defesa da advogada do Paysandu, Bárbara Petrucci e levaram em consideração ao que foi narrado na súmula da partida.

Relator do processo, o Auditor Eduardo Mello afirmou que o jogador denunciado “foi com a sola no meio da canela e o atingido poderia ter tido um rompimento com o joelho travado no chão. Levando em conta casos anteriores, acho esse o mais grave. Aplico a pena de 3 partidas de suspensão”, explicou.

Os Auditores Otacílio Araújo, Flavio Boson e Sormane Freitas acompanharam o voto do relator. Já o Presidente da Comissão, Auditor Rodrigo Raposo, divergiu para aplicar dois jogos de suspensão a Marco Antônio por infração ao artigo 254 do CBJD.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.