LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 18h47 | Atletas do Sport suspensos
LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 16h01 | Cruzeiro multado por arremesso de objetos
LEIA MAIS@ 18/10/2017 - 10h34 | STJD realiza seminário contra a violência
LEIA MAIS@ 11/10/2017 - 11h52 | Sport x Vasco em pauta
LEIA MAIS@ 11/10/2017 - 10h08 | Cruzeiro: Infração na final da Copa BR

Cavalieri e Carlos Eduardo denunciados
17/05/2017 18h10 | STJD

Daniela Lameira
a A

Expulsos no confronto de ida pela quarta fase da Copa do Brasil o goleiro Diego Cavalieri, do Fluminense, e o atacante Carlos Eduardo, do Goiás, serão julgados no STJD do Futebol. O defensor do Tricolor carioca será julgado por jogada violenta, enquanto o atacante goiano por ato desleal ou hostil. O julgamento está agendado para a próxima terça, dia 23 de maio, a partir das 10h30, em sessão da Segunda Comissão Disciplinar.

Conforme descrito pelo árbitro na súmula da partida, realizada no dia 13 de abril, os atletas foram expulsos pela prática de infração disciplinar.

Diego Cavalieri recebeu o vermelho direto aos 41 minutos do primeiro tempo após “atingir com uso de força excessiva um chute no adversário nº7 Sr. Carlos Eduardo Ferreira de Souza, na disputa de bola. (jogo brusco grave)”.

Já no último minuto do segundo tempo Carlos Eduardo recebeu o segundo amarelo e acabou expulso “por trancar na disputa de bola o seu adversário nº11 Sr. Wellington Silva, impedindo um ataque promissor”.

Diante do STJD do Futebol o goleiro do Fluminense responderá ao artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por praticar jogada violenta. A pena prevista no artigo é de suspensão de uma a seis partidas. O camisa 7 do Goiás foi denunciado no artigo 250 do CBJD por praticar ato desleal ou hostil na partida e corre risco de suspensão de uma a três partidas.


As informações de cunho jornalístico produzidas pela Assessoria de Imprensa do STJD não produzem efeito legal.